Concurso MP-RS 2014 tem vagas de emprego abertas



  

Estão abertas as inscrições para o concurso público do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul, regido pelo edital nº 377/2014, o qual estabelece as normas e condições para realização do concurso.

O certame visa ao preenchimento de 18 vagas para candidatos de nível superior, com o Bacharelado em curso de Direito ou Ciências Jurídicas e Sociais. As oportunidades são para o cargo de Assessor – área do Direito (Classe "R"), com remuneração inicial no valor de R$ 9.897,27, pelo cumprimento de jornadas de 40 horas por semana.

O certame será realizado sob a responsabilidade de comissão julgadora destinada pelo próprio Ministério Público do Estado de Rio Grande do Sul, que adotará seus próprios critérios de avaliação. Vale ressaltar que do total de vagas oferecidas, 10% são destinadas aos candidatos portadores de necessidades especiais, desde que as atribuições do cargo sejam compatíveis com as limitações do candidato. Este deve provar, por meio de laudo médico, a deficiência.

Os interessados podem se inscrever até o dia 26 de setembro de 2014, por meio da página dedicada à seleção www.mprs.mp.br/concursos. O valor da taxa de participação é de R$ 187,45, paga em qualquer agência bancária até a data de vencimento, após a impressão do boleto de compensação.





Os candidatos que tiverem suas inscrições homologadas serão avaliados por meio de provas objetivas e dissertativas, ambas de caráter eliminatório e classificatório, além de avaliação de títulos de caráter classificatório. A data, locais e horários de aplicação das provas serão informados no site das inscrições com antecedência.

Somente serão convocados para a avaliação de títulos, os candidatos que forem classificados nas primeiras etapas do certame. Ela será realizada em período e local a ser informado através do site já citado.

A validade do certame será de um ano, contado da data de homologação dos resultados, com possibilidade de prorrogação, conforme as necessidades do MP – RS. 

Por Robson Quirino de Moraes



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *