Concurso Prefeitura de Belo Horizonte (MG) 2015 tem 355 vagas abertas



  

Concurseiros do estado de Minas Gerais já podem se preparar para o concurso da Prefeitura de Belo Horizonte – MG, que lançou edital de processo seletivo  nº 04/2014. O prazo de inscrições se inicia em fevereiro, dessa forma, os candidatos poderão conferir editais anteriores e estudar para a seleção, que se destina ao provimento de 355 vagas e formação de cadastro de reserva.

As oportunidades são para o cargo de Agente de Combate a Endemias I, com exigência do nível fundamental completo. O certame reserva 34 vagas aos candidatos portadores de necessidades especiais (PNE), entretanto as atribuições do cargo devem ser compatíveis às limitações dos candidatos, se aprovados.

O concurso público será realizado sob a orientação técnica da Fundação Guimarães Rosa – FGR, que ficará a cargo das etapas que compõem a seleção. Os aprovados terão direito a remuneração no total de R$ 1.020,58, referente ao desempenho de 40 horas por semana.

Os interessados podem se inscrever do dia 2 de fevereiro a 13 de março de 2015, pela internet, no site da organizadora, www.gestaodeconcursos.com.br. Será cobrada a taxa de participação no valor de R$ 27,00, sendo necessário imprimir o boleto de compensação e pagamento em qualquer agência bancária, até o vencimento.





A seleção se dará por meio de Prova Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, Teste de Capacidade Física e a Curso Introdutório de Formação Inicial. As provas serão realizadas na capital Belo Horizonte/MG, na data provável de 26 de abril de 2015. Os locais e horários de aplicação serão informados no site das inscrições com antecedência.

 O gabarito oficial da Prova Objetiva de Múltipla Escolha será publicado endereço eletrônico www.pbh.gov.br/dom e também será disponibilizado em www.fgr.org.br, na data provável de 28 de abril de 2015.

Segundo o edital, a validade do concurso público será de 2 anos, a contar da data de sua homologação, com possibilidade de prorrogação por igual período, a critério do Poder Executivo do Município de Belo Horizonte.

Por Robson Quirino de Moraes



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *