Concurso Inca (RJ) 2015 abre 19 vagas



  

O Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca), em parceria com o Ministério da Saúde, divulgou edital de concurso público, que tem como principal finalidade realizar o preenchimento de algumas vagas nesse ano de 2015.

De acordo com as informações que constam no edital, foi aberto o total de 19 vagas, na qual elas estão sendo direcionadas para as pessoas que possuem o perfil de exercer atividades em cargos de nível superior. 

A proposta do Inca é encontrar pessoas qualificadas que possam realizar pesquisas relacionadas às áreas de: Clínica em câncer de mama, em transplante de medula óssea, cirurgia ginecológica aplicada ao câncer, cirurgia de tecido ósseo conectivo aplicado ao câncer, endoscopia digestiva em oncologia, epidemiologia do câncer,cancerologia clínica com ênfase nos estudos dos linfomas, cancerologia clínica com ênfase em câncer do pulmão, distúrbios da coagulação em pacientes com câncer, epidemiologia do câncer, mecanismos moleculares da carcinogênese e radioterapia, cancerologia clínica com ênfase em câncer de pulmão e associado nas áreas de epidemiologia.

O valor que vai ser pago aos pesquisadores contratados vai variar de R$ 4.544,05 a R$ 12.152,08. Isso vai ser determinado de acordo com a titulação. Vale destacar que o trabalho vai ser executado na sede do Inca, que fica localizado no centro do Rio de Janeiro.





As inscrições desse concurso estarão sendo recebidas até o dia 6 de fevereiro de 2015 pelo site www.inca.gov.br.  O valor cobrado de taxa é de R$ 180. O pagamento desse valor deve ser feito até o dia do vencimento, pois, dessa forma, você garante a participação nas etapas do processo seletivo.

Essa seleção será realizada por meio de prova escrita, prova oral, defesa de memorial e análise de currículo. A data provável para ser aplicado o exame objetivo ainda será divulgada no mesmo site de inscrições, assim como os demais dados relacionados.

Para saber mais detalhes, indicamos que leia o Diário Oficial da União clicando aqui.

Por Yasmin Fernandes Robles



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *