Concurso TRT-23 oferece vagas de Nível Médio e Superior no MT



  

Salários podem chegar a R$ 10 mil e as inscrições podem ser realizadas até o dia 22 de dezembro.

Se você é um profissional que vive antenado nas notícias de concursos públicos e busca um concurso que ofereça uma ótima remuneração, saiba que seu objetivo pode estar prestes a ser realizado e que a oportunidade que você almeja pode estar batendo a sua porta, pois o Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região, localizado no estado do Mato Grosso, está promovendo um concurso público cuja remuneração poderá chegar a R$ 10.425,75.

As vagas no concurso acima citado são para Técnicos Judiciários e Analistas Judiciários, sendo que a exigência para candidatura será de nível médio para a função de Técnico Judiciário ou nível superior para a função de Analista Judiciário.

Em sua totalidade, a oferta de vagas imediatas será num total de 16, mais vagas destinadas a formação de cadastro reserva de pessoal, sendo que essas vagas serão distribuídas em diversas áreas como: administrativa, contabilidade, tecnologia da informação, biblioteconomia, medicina do trabalho e fisioterapia.

A remuneração ofertada poderá ser de até R$ 5.365,92 para os novos Técnicos Judiciários e de R$ 8.803,97 para Analistas Judiciários, com exceção dos aprovados para a função de Oficial de Justiça, cuja remuneração poderá chegar a R$ 10.425,75 por conta de uma gratificação.





Os interessados em participar poderão se candidatar através do endereço eletrônico da Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br), sendo que o período de inscrições vai ser iniciado no dia 26 de novembro e está previsto para ser encerrado no próximo dia 22 de dezembro de 2015.

Em relação à taxa de participação, ficou estabelecido no edital para ser cobrado nos valores de R$ 75,00 a R$ 95, a depender do cargo pretendido pelo interessado no momento da inscrição.

A seleção dos candidatos ocorrerá no dia 21 de fevereiro de 2016, na capital do estado, Cuiabá, sendo que o processo de seleção será composto por avaliações teórico-objetivas e discursivas (redação).

Por Rodrigo da Silva Monteiro



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *