A Fundação Getúlio Vargas vai ser a organizadora responsável pelo concurso da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (ALBA). As oportunidades abrangem 97 vagas imediatas, sendo 2 para o cargo de Auditor, 46 para Técnico de Nível Superior e 49 para Técnico de Nível Médio. Para concorrer ao cargo de Auditor, é necessário ter graduação em uma das seguintes áreas: Administração, Ciências Contábeis, Direito ou Economia.

Os classificados no concurso da ALBA serão contratados por meio do regime estatutário e os interessados devem ficar atentos ao prazo de inscrição, que vai do dia 03 de março até o dia 27 do mesmo mês. Para fazer a inscrição e conferir o edital completo do concurso é só acessar o endereço http://fgvprojetos.fgv.br/concursos/alba.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 75,00 para o nível superior e de R$ 65,00 para o nível médio/técnico. Os candidatos devem ficar atentos e não podem demorar para fazer o pagamento, para não esquecer.

As provas serão aplicadas na cidade de Salvador, na provável data de 11 de maio. No turno da manhã serão aplicadas as provas para o cargo de nível superior e no período da tarde serão aplicadas as provas do nível médio/ técnico.

Para o nível superior os exames serão compostos de 80 questões de múltipla escolha e para os cargos de nível médio a prova terá um total de 60 questões de múltipla escolha. Para o cargo de Auditor serão cobradas as disciplinas de conhecimentos básicos (Português, Matemática Financeira/Estatística, Direito Constitucional e Legislação). Na parte de conhecimentos específicos serão cobrados os conteúdos referentes à Direito Administrativo, Direito Tributário, Administração, Economia, Contabilidade e Auditoria.

Em relação aos cargos de nível médio, na parte de conhecimentos básicos serão cobradas disciplinas como Português, Conhecimentos Gerais, Raciocínio Lógico Matemático e Legislação. Também haverá conhecimentos específicos.

O concurso da ALBA tem a validade de dois anos, mas pode ser prorrogado pelo mesmo prazo.

Por Babi


Para o preenchimento de 27 vagas, a ALMG, que significa Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, divulgou o edital de Concurso Público de número 01/2013.

Aos que desejam se candidatar, é preciso saber que as vagas ofertadas no edital são para candidatos que possuam o ensino superior. Os inscritos aprovados no ato da função terão direito a subsídios de R$ 5.900,05 (mais de R$ 600,00 de auxílios alimentação/ transporte).

Vale lembrar que o Concurso estará reservando 03 de suas 27 vagas concorridas para os candidatos que possuam e tenham a possibilidade de comprovar serem Portadores de Necessidades Especiais.

Os interessados poderão se candidatar para desempenhar as seguintes funções: Engenheiro Eletricista, Enfermeiro, Dentista, Consultor Administrativo, Consultor Legislativo, entre outras.

Os participantes poderão realizar seus cadastros via internet, por meio do endereço eletrônico da Fumarc: www.fumarc.com.br. Tais cadastros que tiveram início às 09h00min da data 02 de Dezembro de 2013 e encerramento as 19h00min da data 02 de Janeiro de 2014. Será exigida dos candidatos uma taxa de participação no valor de R$ 115,00.

Este Processo Seletivo estará selecionando seus participantes por meio de Provas, que serão aplicadas por etapas.

A Prova Objetiva estará na primeira etapa, ela foi programada para a data 02 de Fevereiro de 2014 (data prevista com possibilidade de alteração); a segunda etapa será de Prova Discursiva (somente para os aprovados da primeira etapa), para esta etapa a data será divulgada em momento oportuno; a terceira etapa será de Prova de Títulos (somente para os candidatos as vagas de dentista e enfermeiro).

Este Certame terá validade equivalente há dois anos, com contagem a partir da data em que o mesmo foi homologado, com possibilidade de prorrogação por mais dois anos. Tal prorrogação que só será admitida uma única vez e se acaso a Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais julgar prudente.

Para maiores esclarecimentos, o edital completo pode ser encontrado no Diário do Legislativo e no mesmo endereço eletrônico onde pode ser realizado o cadastro  (http://www.almg.gov.br).

Por Igor Lima


Estão abertas as inscrições para o novo concurso público que está sendo realizado pela Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso. O principal objetivo da seleção é fazer o preenchimento de 430 vagas de nível médio e superior. Além das oportunidades imediatas, o certame também irá formar um cadastro de reserva.

Alguns dos cargos que estão sendo oferecidos são para atuar como: Analista de Sistemas – Administração de Rede de Segurança; Administrador; Analista de Sistemas – Banco de Dados; Analista de Sistemas – Programador; Analista de Sistemas – Organização, Sistemas e Métodos; Arquiteto; Arquivista Documental; Arquivista da TV; Assistente Social; Engenheiro de Segurança do Trabalho; Engenheiro Civil; Engenheiro Eletricista; Jornalista; Fisioterapeuta; Pauteiro da TV; Almoxarife; Professor de Espanhol; Auxiliar de Repórter; Copeiro; Auxiliar Técnico da TV; Editor de Imagens; Editor Gráfico; Editor de Pós-Produção; Garçom; Operador de Áudio da TV; Motorista; Operador de Master da TV; Operador de Vídeo da TV; Operador de Som; Programador da TV; Técnico Legislativo; Repórter Fotográfico; Serviços Gerais; Secretário; Técnico Hidráulico; Técnico de Manutenção da TV; entre outras funções.

Os interessados terão até o dia 04 de novembro de 2013 para se inscrever. Acesse o site www.fgv.br, preencha os dados e depois pague a taxa de inscrição, que vai de R$ 70 a R$ 150.

A prova objetiva será aplicada nos dias 7 e 8 de novembro, em locais e horários que ainda serão divulgados.

Por Josiane Fernandes de Jesus


Foi divulgado na última segunda-feira, dia 16 de janeiro, pela Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, o resultado definitivo da prova objetiva e o resultado provisório da prova discursiva para os candidatos a analista legislativo do último concurso.

A instituição ofereceu no concurso um total de 100 vagas para cargos de nível superior e para formação de cadastro reserva.

No dia 6 de fevereiro deste ano, será divulgada no Diário Oficial do Estado do Ceará a definição final do concurso, com o resultado da prova discursiva, a convocação para perícia médica dos candidatos que declararam ter deficiência física e a convocação para avaliação de títulos. Há previsão de que estas informações também sejam divulgadas no site do Cespe.

Os candidatos que se sentirem prejudicados podem entrar com um recurso para desconsideração do resultado provisório da prova discursiva. Os recursos deverão ser requeridos, entre os dias 17 e 18 de janeiro, pelo site do Cespe.

No recurso deverá conter com clareza, consistência e objetividade, a defesa do candidato. De acordo com a Assessoria de Imprensa da Assembleia Legislativa, serão desconsiderados os que constem desrespeito ou inconsistência. Também não serão aceitos recursos via fax, postal, correio eletrônico ou fora do prazo definido.

Por Manoel da Costa Jr





CONTINUE NAVEGANDO: