Conselho de Arquitetura e Urbanismo de MG oferta vagas para nível médio e superior




O Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Minas Gerais e a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa, tornam público e estabelecem normas para realização de concurso destinado a selecionar para o provimento de cargos de quadro de pessoal do conselho de Arquitetura e Urbanismo de Minas Gerais.

Serão realizadas provas objetivas e prova aberta, composto das seguintes etapas:


Primeira etapa: prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório pata todos os cargos;

Segunda etapa: prova aberta, de caráter classificatório, para o cargo de Advogado.

O concurso terá a validade de 2 anos, a contar da data da publicação de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Administração Pública.


Os cargos de nível superior são para Assistente de Tecnologia da Informação, arquiteto Analista, Arquiteto Fiscal, contador e Advogado.

As vagas para nível médio e técnico são para Auxiliar Administrativo, Assistente Administrativo e Assistente Financeiro.

As inscrições serão realizadas exclusivamente no site da organizadora www.gestaodeconcursos.com.br, e as taxas de inscrições variam de R$ 65 a R$ 95 de acordo com os cargos pretendidos.

As inscrições deverão ser efetuadas do dia 12 de novembro de 2013 às 20 horas do dia 10 de janeiro de 2014.

Candidatos que, em razão de limitações de ordem financeira, não puder arcar com o pagamento do valor de inscrições, sob pena de comprometimento do sustento próprio e de sua família, poderá requerer isenção de pagamento de valor de inscrição exclusivamente no período de 18 de novembro de 2013 às 09 horas do dia 22 de novembro às 23 horas e 59 minutos.

O formulário para isenção estará disponível no site da organizadora, o candidato deverá para ter o direito à isenção deverá obedecer às instruções; dispostas no edital.

Serão destinadas vagas para pessoas com deficiência física obedecendo a Lei Complementar Municipal Nº 039/2006 Federal nº 8112/1990, considerando pessoa com deficiência aquela que se enquadra nas categorias discriminadas no art. 4º do Decreto Federal nº 3.298/1999 combinado com o enunciado da Súmula do Superior Tribunal de Justiça.

Para outras informações acesse o edital http://www.gestaodeconcursos.com.br/site/cache/b961d91f-0b11-4041-82fc-a13bd4bf4da9/EditalCAUMG_2013_11_11FINAL.pdf

Por Gilson de Jesus



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *