Hospital das Forças Armadas abre vagas em Concurso Público para Médicos

Esse é um concurso público que está oferecendo mais de 100 chances para Médicos profissionais. É que o Hospital das Forças Armadas (HFA) publicou edital de processo seletivo para a contratação temporária de Médicos das presentes áreas: Ginecologia/Obstetrícia, Intensivista Neonatal, Intensivista UTI Adulto, Nefrologia/Hemodiálise, Nefropediatria, Neurologia, Neurofisiologia, Pediatria, Radiologia, Traumato-Ortopedia,  Medicina nuclear, Anestesiologia, Cardiologia, Clínica Médica, Cirurgia Pediátrica e Geriatria.

Os aprovados, por sua vez, terão uma jornada com carga horária de 20 horas por semana. Os vencimentos podem chegar até o valor pago de R$ 3.394,64. Vale dizer que são, no geral, 106 oportunidades de trabalho para essas especializações.

As inscrições vão do dia 20 a 31 de janeiro do ano em questão. Essas devem ser feitas de modo presencial no endereço a seguir: HFA – Hall de entrada da Divisão de Recursos Humanos – Prédio da Administração.

Os candidatos interessados no processo de seleção devem ficar atentos ao edital da seleção que, em todo o caso, exige uma lista de documentos que precisam ser mostrados no ato de inscrição. O endereço aqui citado também serve para o esclarecimento de dúvidas e outros pontos relevantes para o concurso público. O processo de seleção será de autoria do próprio Hospital das Forças Armadas, em Brasília e, em termos de método avaliativo, haverá apenas a análise de todos os currículos. Esses, por sua vez, receberão notas de 0 a 100. Essa avaliação dirá quem serão os classificados e aprovados para esse trabalho.



O edital já foi lançado no Diário Oficial da União. Os candidatos que não cumprirem os prazos e com as documentações sugeridas serão naturalmente eliminados do presente certame. Se houver mudanças, no entanto, certamente a administradora do concurso público entrará em contato com os candidatos interessados.

Mais informações sobre resultados finais e outros tópicos, portanto, ainda serão noticiados. 

Por Juan Wihelm





Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *