Inscrições podem ser realizadas até o dia 30 de novembro.

Foi alterado o prazo de inscrições para o processo seletivo da Defensoria Pública da União, DPU. O concurso público, que visa à contratação de novos servidores para o quadro de funcionários do órgão, receberá as inscrições até o dia 30 de novembro. Continue lendo este post e saiba mais informações sobre este certame.

O concurso público da Defensoria está com 143 vagas de emprego em aberto. As chances são para pessoas que tenham ensino médio e formação superior completa. Além das oportunidades para início imediato, estão sendo oferecidas vagas para formação de cadastro reserva. 

Se você quer participar da seletiva, porém tinha perdido o prazo para efetuar a sua inscrição, não deve perder esta nova oportunidade. As inscrições estão sendo aceitas no site da organizadora do certame www.cespe.unb.br. Para concorrer a uma das oportunidades é preciso que o interessado preencha um formulário de participação e logo após concluir esta etapa, imprima o boleto e pague o valor da taxa de participação. A quantia a ser paga pelo direito a participar do concurso oscila entre R$ 70 e R$ 100.

Nesta ocasião, estão sendo ofertadas chances para Assistente Social, Técnico de Assuntos Educacionais, Sociólogo, Agente Administrativo, Analista Técnico-Administrativo, Arquivista, Técnico em Assuntos Educacionais, Agente Administrativo, Técnico em Comunicação Social, Psicólogo, Economista e Bibliotecário.

As remunerações oferecidas para estes cargos variam entre R$ 3.817 e R$ 5.266 pelo cumprimento de uma carga horária semanal de quarenta horas. Além do salário básico, os novos contratados receberão uma gratificação de desempenho e vale-alimentação.

A seleção dos candidatos será realizada por meio da aplicação de provas escritas de caráter objetivo. 

Os aprovados e nomeados para assumir os postos dentro da DPU serão distribuídos nos estados de Tocantins, Sergipe, Rio Grande do Norte, Pará, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Roraima, Espírito Santo, São Paulo, Rondônia, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Pernambuco, Pará, Minas Gerais, Paraná, Distrito Federal, Bahia, Amazonas, Acre, Amapá, Maranhão e vários outros.

Faça a sua inscrição e concorra a uma das vagas na DPU.

Por Melina Menezes


Seleção oferece 143 vagas e as inscrições podem ser feitas até o dia 22 de novembro.

Recentemente foi anunciada a reabertura do Concurso Público da Defensoria Pública da União (DPU) para a carreira de Técnico Administrativo. O certame será organizado pelo Cespe / Cebraspe e pela DPU, além da participação ativa da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

As inscrições poderão ser realizadas no período compreendido entre os dias 09 e 22 de novembro do ano corrente, através do seguinte endereço eletrônico: www.cespe.unb.br.

A taxa de inscrição será de R$ 70,00 para os cargos com exigência de Ensino Médio de escolaridade e de R$ 100,00 para os cargos com exigência de Ensino Superior de escolaridade. A taxa pode ser paga até o dia 07 de dezembro de 2015.

No total, são 143 vagas para provimento imediato, além da formação de cadastro reserva (com possibilidade de nomeação posterior se houver necessidade).

Os cargos disponíveis no certame são: Técnico em Comunicação Social – Jornalismo, Agente Administrativo, Técnico em Assuntos Educacionais, Sociólogo, Psicólogo, Economista, Contador, Bibliotecário, Assistente Social, Arquivista e Analista Técnico – Administrativo.

Os candidatos que desistirem de participar do processo seletivo podem solicitar a devolução da taxa de inscrição. Para isso basta acessar o mesmo endereço eletrônico informado acima entre 14 e 16 de dezembro de 2015 e realizar os procedimentos informados no site. A devolução ocorrerá apenas em conta corrente.

Está previsto a aplicação de provas objetivas e perícia médica para os candidatos que se declararem com alguma deficiência. A aplicação das provas objetivas está prevista para o dia 24 de janeiro de 2016. A duração da prova dependerá do cargo pretendido pelo candidato.

 O concurso terá validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período, por uma vez, a critério da administração.

Para maiores informações os candidatos podem acessar o site da instituição responsável pela organização do certame: www.cespe.unb.br.

Orientamos a todos os candidatos que consultem todos os detalhes e exigências contidas no Edital do certame.

Desejamos a todos boa sorte!

Por André César


O edital do concurso da Defensoria Pública da União para os níveis médio e superior deve ser divulgado no primeiro trimestre de 2015. A banca já foi definida: Cespe/UnB. Desta forma, os interessados já podem começar os estudos para este concurso, uma vez que deve ser muito concorrido.

Estudar com antecedência, ou seja, antes da publicação do edital aumenta as chances de aprovação para o certame. O candidato vai ter um tempo maior de estudar com cuidado as disciplinas, revisar os pontos importantes e fazer mais questões, principalmente.

Enquanto o documento não é publicado, ele deve manter o foco e direcionar os estudos focando na banca organizadora, que é o Cespe/UnB.  Para este concurso, um dos cargos mais concorridos será o de Agente Administrativo, que exige nível médio. A remuneração inicial para a função é de R$ 3.191,01. Os candidatos que tiverem nível superior – em qualquer graduação – podem se candidatar ao cargo de Analista Técnico Administrativo. Haverá chances também para quem é formado nas seguintes áreas: Assistente Social, Bibliotecário, Contador, Economista, Psicólogo, Sociólogo, Técnico em Assuntos Educacionais e Técnico em Comunicação Social. A remuneração inicial corresponde a R$ 4.620,00.

Aproveite para começar os seus estudos agora que o edital ainda não foi definido. Você já tem uma base sólida nas matérias? Então, foque em exercícios, sobretudo do Cesp/UnB, que é o organizador do certame do DPU. Vai ser o seu primeiro concurso? Então, tente fazer um cursinho presencial ou online, para aprender os conteúdos e ter um direcionamento para estudar.

Mantenha o foco e o objetivo no cargo que almeja. Faça um planejamento detalhado com todas as disciplinas que constam para o seu cargo, anote o percentual de acerto nas matérias, faça resumos e mantenha a determinação e a confiança em si mesmo, que são fundamentais para o sucesso na carreira pública. Quando o edital for publicado, ajuste o seu cronograma e permaneça confiante. 

Por Babi


Uma das principais modalidades de oferta de emprego em todo o país é justamente o concurso público. É importante destacar que anualmente são abertas milhares de vagas em diferentes setores do serviço público brasileiro. Por esses e outros motivos o concurso público é bastante disputado no Brasil. Um dos fatores dessa grande concorrência é quanto às ótimas oportunidades no serviço público brasileiro.

E se você está em busca de oportunidades relacionadas a concurso público, saiba que a Defensoria Pública da União está com o concurso 1/2014 com inscrições abertas. Ao todo este certame está oferecendo nada menos que 58 oportunidades para o cargo de Defensor Público Federal. Vale destacar que 3 vagas serão reservadas para candidatos com necessidades especiais. O subsídio é de R$ 16.489,37 para os aprovados no certame.

Para concorrer a uma das vagas ofertadas é necessário possuir formação em Direito. Além disso, também é preciso ter registro na Ordem dos Advogados do Brasil, a OAB. Outro pré-requisito é a experiência de pelo menos três anos de atividade jurídica.

Caso esteja interessado na oportunidade aqui destacada, saiba que o período de inscrições já se encontra em aberto e terá o seu encerramento no dia 8 de dezembro de 2014. O procedimento de inscrição deve ser realizado por meio da internet, dessa forma, é preciso acessar o site oficial da Cespe/UnB. Para que sua inscrição seja efetivada é necessário o pagamento de uma taxa no valor de R$ 180,00.

Os candidatos serão submetidos à prova objetiva na primeira fase. A segunda fase será responsável pela prova dissertativa escrita. Vale destacar que a primeira e a segunda fase são de caráter eliminatório. A terceira fase, também eliminatória, será feita com prova oral. Já a quarta fase será realizada com avaliação de títulos e é de caráter classificatório. A quinta e última fase será a responsável pela sindicância de vida pregressa, bem como apuração de vida social e etc.

Para mais detalhes o candidato pode conferir o edital oficial deste certame, para isso, clique AQUI.

Por Bruno Henrique





CONTINUE NAVEGANDO: