O Ministério da Saúde (MS) anunciou o edital completo nº 4/2014 para a concretização do concurso compartilhado, cujo desígnio é completar 743 vagas de nível médio e nível superior, em colocação que irá acatar as questões do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA) e também do próprio Ministério. A coordenadora da concorrência é denominada FUNCAB.

As ocupações são impreterivelmente destinadas para a carreira de Ciência e Tecnologia pertencentes do Mato Grosso do Sul, que consiste em 80 vagas para Secretaria de Atenção à Saúde – SAS; 64 para Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos – SCTIE; 41 para Secretaria de Vigilância em Saúde – SVS e 558 vagas para o Instituto Nacional de Câncer – INCA.  

As ocasiões serão disseminadas por indivíduos que creditam formações profissionais nas áreas de Tecnologia da Informação, Comunicação Social, Medicina, Administração Pública, Engenharia, Arquitetura, Nutrição, Psicologia, Fisioterapia, Serviço Social, Técnico Administrativo, Técnico de Enfermagem, Relações Públicas, Técnico em de Radioterapia, entre outras. 

A norma prevê a reserva de 20% das vagas a negros e 5% aos portadores de deficiência. O salário inicial para os cargos apresentados oscila entre R$ 2.205,20 a R$ 6.648,15, mais bonificações e outros benefícios, acoplado ao cargo em específico (podendo chegar ao valor máximo de R$ 13.755,75).

Inscrições para o Concurso:

Em relação ao cronograma publicado, as inscrições necessitarão ser realizadas por meio do site da FUNCAB até o dia 9 de novembro de 2014. O valor da taxa será de R$ 97,00 para as carências integradas diretamente ao nível superior ou aproximadamente R$ 78,00 para aqueles que estão imersos ao nível médio.

Avaliações:

O concurso público será miscigenado por três passos: prova objetiva, prova discursiva e de títulos. As avaliações objetiva e discursiva/redação serão consagradas nas urbes do Rio de Janeiro e Brasília, possivelmente em 14 de dezembro de 2014.  O gabarito despontará dois dias após a data pronunciada.

Validação:

O tempo determinado de legitimidade do concurso é de dois anos, a contar da data da divulgação da homologação de sua decorrência final, promovendo a capacidade de ser prorrogado uma vez. 

Por Lorena de Oliveira


Foi divulgado no dia 22 de julho, o edital do concurso público do Ministério da Saúde bem como o do Instituto Nacional do Câncer (INCA). A banca examinadora de ambos será a Funcab e ao todo serão ofertadas 768 vagas em cargos de níveis médio, médio/técnico e superior. A maioria dos cargos será para área da saúde, na qual teremos 583 para o Inca, no Rio de Janeiro e 185 no Ministério, em Brasília.

O vencimento inicial é bem atrativo, uma vez que varia de R$ 3.239 a R$ 9.784,05.

Os interessados precisam ficar atentos ao site da Funcab – www.funcab.org – para não perderem o prazo de inscrições. As taxas de inscrição custam R$ 97 para as carreiras de nível superior e R$ 78 para as de nível médio.

O edital traz as principais exigências do concurso, bem como a distribuição das vagas abertas e a descrição das atividades de cada função. Assim, conta também com o conteúdo a ser estudado e o cronograma da seleção, com informações a respeito do prazo e da data de aplicação das provas, as quais só serão liberadas a partir do dia 5 de agosto. A princípio o concurso terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado uma única vez por igual período.

Os candidatos interessados em participar do certame precisam estudar bastante, uma vez que concurso nos dias de hoje está profissionalizado e só os que se dedicam com antecedência conseguem lograr êxito. Aqueles que tiverem algum tipo de dificuldade, recomenda-se procurar um bom cursinho a fim de solucionar dúvidas e ter um melhor esclarecimento das matérias. No entanto, é importante salientar que o que fará a diferença serão os momentos de estudo individual, pois é nessa hora que os estudos são verdadeiramente consolidados no cérebro e o estudante consegue obter um melhor rendimento do assunto em questão.

Por Luciana Viturino


O Ministério da Saúde está com um concurso público em aberto. Estão sendo oferecidas 265 vagas para profissionais com nível de escolaridade superior. Os valores dos salários variam de R$ 3.981,41 a R$ 6.722,34. O processo seletivo destinará 13 vagas para pessoas portadoras de alguma deficiência.

As vagas são destinadas para os seguintes Estados: Minas Gerais, Pará, Paraná, Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Ceará, Santa Catarina, Sergipe, Espírito Santo, Goiás, Rondônia, Roraima, São Paulo, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Maranhão, Rio Grande do Norte, Tocantins, além do Distrito Federal.

As inscrições já estão abertas e devem ser realizadas até o dia 17 de maio, através do site www.cespe.unb.br/concursos/ms_13. O valor da taxa de inscrição é de R$ 80, para todas as vagas.

Lembrando que o processo seletivo será composto por três fases: avaliação objetiva, prova discursiva e avaliação de títulos. A avaliação objetiva poderá ser aplicada no dia 7 de julho, período vespertino.

O concurso tem validade de 12 meses, podendo ser estendido pelo mesmo período.

Por Juliana Almeida





CONTINUE NAVEGANDO: