Certame tem previsão de ser realizado ainda em 2018 e deverá ofertar diversas vagas.

Durante o Seminário de Segurança e Desenvolvimento, que ocorreu no dia 20 de março de 2018, do Jornal Folha de São Paulo, Renato Dias, o diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF), falou sobre a necessidade da realização de um novo concurso público para contratação de novos policiais rodoviários. Segundo Renato Dias, o órgão ainda está em um período de tratativas com o MPGD – Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão para restabelecer total do efetivo, além de ampliar o quadro, e tentar chegar o mais próximo possível do número de policiais, considerado ideal, de acordo com o Tribunal de Contas da União (TCU).

No início do mês de março, o diretor já havia comentado sobre o assunto em suas redes sociais, quando questionado sobre o tema. Ele havia informado que o Edital da nova seleção de pessoal deverá ser publicado ainda nesse semestre. Para que a publicação seja concretizada, a única coisa que o órgão ainda está aguardando é a formalização, da autorização do MPDG, através da publicação em diário oficial.

O ministro da segurança, Raul Jungmann, informou que o orçamento da pasta recém-criada para 2018, será no valor de R$ 2,7 bilhões e que foi decidido depois de uma reunião, com o Ministério do Planejamento, que não haverá contingenciamento das verbas da Polícia Rodoviária Federal.

Essa liberação do concurso tem relação com o projeto do novo ministro, Raul Jungmann, de promover o combate à violência juntamente com outros estados.
Foi informado pela FenaPRF – Federação Nacional dos Policiais Federais, que há intenção de criar 4 novas turmas ainda neste ano. No pedido feito pela Polícia Rodoviária Federal, foi argumentado que nos últimos 4 anos, um número muito grande de profissionais se aposentou, portanto existe uma falta de aproximadamente 3 mil postos, algo que prejudica e muito a segurança nas rodovias.

O órgão tem a intenção de agilizar o máximo esse processo assim que o Edital for publicado, portanto, já foi criado uma minuta desse edital, no final do ano de 2016, sendo assim, quando o Edital for autorizado pelo MPDG e publicado oficialmente, o concurso poderá ser iniciado de imediato.

Os interessados em concorrer a uma das vagas para o cargo de Policial Rodoviário Federal, deverá ter o Ensino Superior em qualquer área do conhecimento e a CNH de categoria “B”. A carga horária de trabalho será de 40 horas semanais.

O último concurso realizado pela PRF para contratação de novos servidores, aconteceu em 2013 e a banca organizadora dele foi o Cespe/UnB. Foram oferecidas na época, 1.000 vagas, e cerca de 109.769 pessoas se inscreveram para concorrer a uma delas.

O processo de seleção aplicado naquele ano foi uma prova objetiva, exame discursivo, teste de aptidão física, avaliação do estado de saúde, teste psicológico, investigação social e análise dos títulos.

A prova objetiva foi composta por 120 questões, dessas 120, 50 eram questões de Conhecimentos Básicos e 70 eram questões sobre Conhecimentos Específicos.

A parte de Conhecimentos Básicos cobrou do candidato conhecimentos relacionadas à língua portuguesa, matemática, ética no serviço público, noções de direito constitucional e noções de informática. Em conhecimentos específicos foram cobradas noções de direito administrativo, noções de direito processual penal, noções de direito penal, legislação especial, legislação relativa ao DPRF, direitos humanos e cidadania e física aplicada à perícia de acidentes rodoviários.

Em relação às funções que são atribuídas a esse profissional, o Policial Rodoviário atua em atividades que envolvem a fiscalização, o patrulhamento e policiamento ostensivo. Cabe a esse policial também, prestar o atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários entre outras.

Aqueles que querem participar do processo seletivo devem ficar atentos às notícias para ser informados assim que o Edital for publicado, pois como vimos, de acordo com as declarações do diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal, não demora muito para que ele seja publicado.

Por Rosângela Rodrigues


O governo federal lançou o edital para concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para área administrativa. No total são 216 vagas, para todo o território nacional, para o cargo de Agente Administrativo, classe A, padrão I.

Os interessados precisam ter ensino médio completo e se inscrever no site da Funcab (www.funcab.org), entre os dias 9 e 30 de abril de 2014. A organizadora do concurso cobra uma taxa de inscrição no valor de R$ 60. Os candidatos que fazem parte do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e que têm família de baixa renda podem pedir a isenção da inscrição no prazo previsto.

A prova objetiva está marcada para a data provável de 25 de maio de 2014. O teste contará com as matérias como Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Ética e Conduta Pública, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Administração, Informática, Arquivologia e Legislação relativa à Polícia Rodoviária Federal. Quem conseguir passar na prova objetiva vai para a etapa de investigação social e/ou funcional. Os documentos referentes a esta etapa deverão ser entregues no dia 16 de junho.

Os candidatos poderão conferir o resultado do concurso público no dia 30 de maio e quem for aprovado vai contar com a remuneração inicial e básica de R$ 2.043,17, além da gratificação por desempenho (GDATPRF), que varia de R$ 1.521,60 a R$ 1.902. Vai contar também com o auxílio-alimentação de R$ 373.

Segundo o edital publicado e divulgado, os nomeados estarão sob o regime jurídico estatutário em todo o Brasil, com a missão de realizar tarefas administrativas ligadas às competências Polícia Rodoviária Federal, além do total apoio técnico administrativo à área finalística da Instituição. Do total de vagas disponibilizadas para o concurso, 5% são destinadas a pessoas com deficiência.

O Concurso é valido por dois anos podendo ser prorrogado por igual período e em uma única vez. Durante esse prazo, a PRF pode convocar mais candidatos além das vagas para serem nomeados no cargo de Agente Administrativo. 

Por Carolina Miranda


Os diversos interessados que estavam aguardando a publicação do edital do concurso público da Polícia Rodoviária Federal deverão agora aproveitar esta oportunidade para estarem efetuando sua inscrição, pois o Edital já está disponível e a realização deste concurso será de responsabilidade da Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt, FUNCAB.

Estão sendo ofertadas 216 vagas para o nível intermediário de Agente Administrativo do Plano Especial de Cargos do Departamento de Polícia Rodoviária Federal.

O período de inscrição segue aberto até o dia 30 de abril de 2014, e ela dever ser realizada pela internet através do site ww5.funcab.org e em seguida efetuar o pagamento no valor de R$ 60,00 referente à taxa de inscrição.

Para se inscrever o candidato deverá já ter concluído o ensino médio e apresentar o certificado de conclusão reconhecido pelo Ministério da Educação e Cultura. E ao ser aprovado deverá trabalhar em jornada de 40 horas semanais e receberá o valor de R$ 2.043,17 como remuneração. O novo contratado irá realizar atividades administrativas, referente ao nível intermediário, relativas às competências legais da Polícia Rodoviária Federal, através da prestação de apoio técnico administrativo à área finalística da Instituição.

A prova objetiva será composta de 60 questões distribuídas entre disciplinas de conhecimentos básicos e também de conhecimentos específicos, e ocorrerá com data prevista para o dia 25 de maio de 2014 no turno vespertino de acordo com o horário de Brasília. As vagas serão distribuídas 26 estados federativos, dando assim muito mais oportunidades aos candidatos interessados, sendo que as localidades que terão maior número de vagas são: Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Bahia, são mais de 50 vagas para cada uma destas localidades.

Para que você possa conhecer todos os detalhes deste concurso público federal acesse o site da FUNCAB citado mais acima e leia atentamente todo edital, além de verificar o conteúdo programático, relação de documentos, cronograma previsto, quadro informativo com o número de vagas e os endereços das regionais. Aproveite para efetuar sua inscrição e assim ter a chance de se tornar um funcionário público.

Por Michelle de Oliveira


A Polícia Rodoviária Federal divulgou no Diário Oficial da União do último dia 12 o edital de abertura de concurso público. De acordo com as informações constantes no documento são oferecidas ao todo 1.000 vagas. Além disso, o certame em questão ainda deverá formar cadastro de reservas para o cargo de policial rodoviário. Do total de vagas disponibilizadas cinqüenta estão sendo reservadas para candidatos portadores de deficiência.

A informação é de que os salários iniciais dos contratados serão no valor de R$6.479,81. Esse valor representa o salário base mais o acréscimo do vale-refeição. A jornada de trabalho para esta oportunidade será de 40 horas semanais.

Os interessados em participar devem ter o nível superior completo em qualquer área de conhecimento. Além disso, é requerido do interessado Carteira Nacional de Habilitação de no mínimo categoria “B”.

Quem se enquadrar nos requisitos exigidos e quiser participar do concurso deverá realizar sua respectiva inscrição no período situado entre os dias 24 de junho de 2013 e 08 de julho de 2013. As inscrições poderão ser feitas através do site www.cespe.unb.br/concursos/dprf_13. O valor da taxa de candidatura será de R$150,00.

De acordo com as informações divulgadas até o momento os candidatos inscritos neste certame deverão ser avaliados por meio de prova objetiva e prova discursiva de caráter eliminatório e classificatório. Além disso, ainda serão aplicadas outros tipos de exames como, por exemplo, os exames físicos e psicológicos.

Confira maiores informações sobre este certame no link a seguir: Edital PRF.

Por Denisson Soares


Um novo edital trouxe uma grande oportunidade: concorrer a 1.000 vagas para trabalhar na Polícia Rodoviária Federal. Os aprovados precisam ter disponibilidade de se dedicar 40 horas ao trabalho e receberão uma remuneração de R$ 6.106,81. Há também a formação de cadastro de reserva.

Para concorrer, haverá necessidade de se inscrever pelo site da empresa organizadora, fornecendo os dados e pagando uma taxa de R$ 150,00.  A partir do dia 24 de junho até o dia 8 de julho os interessados deverão acessar o endereço eletrônico www.cespe.unb.br, preencher e confirmar a ficha disponível.

O candidato precisa ser brasileiro, ter mais de 18 anos de idade e possuir diploma de curso de graduação em qualquer área, desde que o curso tenha sido feito em instituição autorizada pelo MEC. 

Quem quiser ocupar uma dessas vagas, precisará se submeter a diversos exames, como: exame de capacidade física composta, avaliação de saúde, avaliação psicológica, investigação social e/ou funcional e avaliação de títulos de caráter classificatório, prova objetiva de conhecimentos básicos e uma prova discursiva composta por texto dissertativo. Após isso, serão convocados a participar de um Curso de Formação Profissional que também tem caráter eliminatório. 

Por Milena Godoy





CONTINUE NAVEGANDO: