Certame recebe inscrições dos interessados até o dia 13 de dezembro.

Em novembro, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou o edital do concurso público que prevê a contratação de 102 profissionais de nível médio. As oportunidades são para diversas regiões do país – Ceará, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso e no Distrito Federal. Candidatos que estejam interessados em participar do concurso devem ficar atentos: as inscrições seguirão até o dia 13 de dezembro

A empresa organizadora do concurso será a Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt – Funcab, instituição com experiência na realização de concursos públicos e processos seletivos. As inscrições deverão ser realizadas pelo site da própria organizadora – www.funcab.org – mediante ao pagamento da taxa no valor de R$ 74,00. 

Do total de vagas divulgadas em edital, 36 serão direcionadas ao cargo de Técnico em Regulação de Saúde Suplementar e 66 ao cargo de Técnico Administrativo. Em ambos os casos, a exigência para candidatura é de apenas ensino médio completo – a condição deverá ser certificada no momento da admissão do servidor. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais, com salários mensais que vão de R$ 5.689,52 a R$ 5.957,52 + benefícios previstos em edital. 

Vale salientar que 5% das vagas disponibilizadas serão reservadas para portadores de deficiência e 20% para negros, conforme é previsto em lei.

O processo seletivo será realizado por meio de provas objetivas e discursivas, ambas previstas para o dia 21 de fevereiro de 2016. Para os inscritos no cargo de Técnico em Regulação a prova será aplicada no turno da manhã. Já para os candidatos a Técnico Administrativo, os provas serão no período vespertino. 

Assim como a maior parte dos concursos públicos, este terá validade de 1 ano, sendo possível a prorrogação por igual período. O edital completo, publicado no Diário Oficial da União, pode ser consultado através deste link: pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?jornal=3&pagina=145&data=13/11/2015. 

Em épocas de crise econômica, os concursos públicos tornam-se chances incríveis para quem deseja estabilizar-se profissionalmente ou, quem sabe, obter uma nova – ou primeira – oportunidade de emprego.

Por Tati A.





CONTINUE NAVEGANDO: